Jornalista Iraniana perseguida pelo Irã chega a Israel

Jornalista Jordaniana Nada Amin foto: Twitter

Jornalista Jordaniana Nada Amin foto: Twitter

Quando ela não conseguiu se apresentar para o vôo na segunda-feira, houve suspeitas de que ela poderia ter sido presa pelas autoridades turcas que planejavam extraditá-la para o Irã. Mas depois de Jerusalém discretamente buscar respostas de Ankara, as autoridades turcas clarificaram que ela teria permissão para sair, e  que o consulado israelense em Istambul pagou a passagem para ela.

Amin, 32, fugiu do Irã em 2014 depois que seu livro Zenjir (“The Chain”) foi banido. Ela viveu na Turquia há três anos como refugiado político, durante o qual começou a contribuir para o site do idioma do Farsi do Times of Israel. Mas seu trabalho para o site com sede em Jerusalém levantou sobrancelhas na Turquia e no Irã.

fonte: http://www.ynetnews.com/articles/0,7340,L-5001183,00.html

Deixe uma resposta