Alemão acusado de assasinato será extraditado para Israel

fugitivoYehoshua Elitzur, um israelense que fugiu há mais de uma década depois que ele atirou e matou um motorista árabe  deve ser extraditado do Brasil para Israel, onde ele será julgado por acusações de Homicídio culposo e evasão de prisão.

Um tribunal brasileiro respondeu positivamente aos pedidos dos advogados de Elitzur de que ele fosse julgado em Israel, onde ocorreu o incidente, depois de ter sido capturado em 2015 pela polícia brasileira e pela Interpol.

O incidente ocorreu em 27 de setembro de 2004, quando Elitzur, um cidadão alemão-israelense, estava dirigindo entre as cidades de Itamar e Elon Moreh em Shomron. De acordo com Elitzur, uma van dirigida por um árabe em alta velocidade em direção a ele. Parou no lado da estrada e saiu do veículo. O árabe continuou dirigindo em alta velocidade, com Elitzur afirmando que estava dirigindo direto para ele. Ele ergueu a arma e exigiu que a parada, mas o veículo continuou a dirigir – e quando estava a apenas um metro de distância, ele disse aos investigadores, ele atirou no motorista, matando-o.

Elitzur alertou autoridades, que o prenderam. Ele acabou sendo libertado para receber uma prisão até que ele fosse julgado por homicídio culposo, uma acusação que poderia ter compensado 20 anos de prisão.

Uma vez em casa, ele desapareceu – usando seu passaporte alemão e falsificando documentos para sair do país. Ele finalmente acabou em São Paulo, no Brasil, onde ele viveu escondido por quase uma década, trabalhando em um restaurante kosher na cidade -, mas as autoridades o alcançaram em 2015, e ele já foi detido na prisão brasileira desde então. Segundo a polícia israelense, Elitzur foi capturado dias antes de fugir para a Argentina, que não possui um acordo de extradição com Israel.

fonte:http://hamodia.com/2017/08/09/israeli-wanted-manslaughter-charges-extradited-brazil/

Deixe uma resposta