Israel quer PAGAR para motoristas deixarem o carro estacionado

Presentemente, apenas 23% da população israelense usa transporte público, e os engarrafamentos são custosos. A velocidade média em Tel Aviv e Jerusalem é 11 km por hora – parecida com Nova Iorque e Londres – metropoles que tem metrô.

A idéa e instalar um medidor, que analisa a hora do uso do carro, e se o veículo é usado durante horas de pique – o numero de pontos desce mais rápido. Se sobrar algo no fim do ano, esses pontos são convertidos em desconto no imposto.

Um teste conduzido mostra que motoristas em geral passaram a dirigir menos, e ganharam em média 350 dólares.

Me parece mais uma maneira de controlar o cidadão e obviamente, eu não ficaria surpreso e em algum dado momento, os pontos negativos  serem convertido em mais imposto.

 

fonte: https://www.youtube.com/watch?v=IRLGCYod-X4

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *