Como alugar aquele quarto extra para turistas

Presentemente os quartos para aluguel curta temporada em Tel Aviv ultrapassa 7 mil. 3.8% dos apartamentos em Tel Aviv estão na Airbnb. 2700 apartamentos adicionados só no ano passado  (2018). E com 4 milhões de turistas anuais, não é difícil encontrar cliente. Parece que deu certo. A prefeitura de inclusive decidiu DOBRAR o imposto de quem aluga por curta temporada.

O processo é relativamente fácil, define preço, datas dispónives, e tipo de espaço alugado. Até aqui simples.

Texto. O texto é uma introdução. Você quer fazer com um texto que chamem a atenção e sejam únicos o suficiente para descrever com precisão o seu lugar. Tente usar adjetivos descritivos e agradáveis para amortecer seu título.

Fotos. Embora você tenha a capacidade de adicionar muitas fotos, é melhor adicionar apenas cerca de 10 para não sobrecarregar os hóspedes em potencial. Independentemente de quantas você decidir enviar, as três primeiras são as mais importantes, pois se enquadram a janela na sua listagem antes que os usuários decidam clicar no post ou não.  A Airbnb recomenda o uso de fotos maiores para melhor resolução (1024 x 683px) e até oferece sessões de fotografia profissional gratuitas para ajudar você a capturar melhor o seu lugar.

E vai precisar configurar o endereço no mapa.

Aí vai alguns avisos.

  1. Discriminação. Se você decidir alugar, vai ter que aceitar qualquer um, do contrário a airbnb e você pode ser condecorada com racista, especialmente se o rejeitado for de raça negra ou até arabe.
  2. Imposto de renda. em média alugar um quarto em casa acrescenta 10 mil shekalim anuais. Precisa ser declarado.
  3. Pagamento. A Airbnb normalmente libera seu pagamento cerca de 24 horas após o  check-in agendado. O tempo que leva para que os fundos cheguem à sua conta depende do seu método de pagamento. Se o seu hóspede ficar hospedado por 28 ou mais noites, os pagamentos dessa reserva serão liberados mensalmente.

Viver em Israel é difícil, mas há solução para tudo. Boa Sorte.

fontes:

https://www.calcalistech.com/ctech/articles/0,7340,L-3762020,00.html

https://www.theguardian.com/technology/2016/sep/08/airbnb-discrimination-policy-changes-racial-discrimination

 

Site: https://www.airbnb.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *