Greve de Efermeiras e dessa vez não é dinheiro

O sindicato dos enfermeiros entrou em greve na manhã de terça-feira. A greve continuará em aberto, em protesto contra a crescente violência contra o pessoal de saúde.

Durante a greve, os enfermeiros só trabalham em salas de cirurgia para cirurgias urgentes. Hospitais, creches e creches não terão enfermeiros.

Os departamentos de internamento terão um número limitado de enfermeiros, bem como cuidados intensivos, departamentos de neonatologia, salas de parto, unidades de oncologia e fertilidade.

Enfermeiros nos centros de saúde da família Tipat Halav também participarão da greve, e cada cidade terá uma estação que fornecerá serviços para bebês prematuros e mulheres grávidas. Os escritórios distritais do Ministério da Saúde terão uma enfermeira de plantão apenas para casos urgentes.

fontes: https://www.janglo.net/component/option,com_adsmanager/page,display/tid,450735/catid,99/Itemid,361/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *