Pintura vendida por mais de 157 milões de dólares

um nu reclinado pelo mestre modernista Amadeo Modigliani, arrecadado US $ 157,2 milhões na noite de ontem em Nova York – o preço mais alto da história da Sotheby, mas não conseguiu bater o recorde de US $ 170 milhões do artista há três anos.

A pintura, uma das maiores obras de Modigliani já feita e um dos cinco únicos nus a serem leiloados, esperava tranquilizar o mercado que, em uma indústria cada vez mais preocupada com pintores contemporâneos, obras do início do século XX. estão novamente encontrando preferencia.

Pintado em 1917, três anos antes da morte de Modigliani aos 35 anos, o quadro causou um escândalo quando exibido foi  única exposição individual de Modigliani na Galerie Berthe Weill em Paris naquele ano.

Quando uma multidão se formou do lado de fora da galeria para admirar as obras, a polícia exigiu o fechamento imediato do espetáculo.

A pintura teria sido consignada pelo criador de cavalos e treinador irlandês John Magnier, que comprou a obra em 2003 na Christie’s por 26,9 milhões de dólares. Nessa ocasião, foi colocado em leilão pelo magnata  Steve Wynn.

fonte: https://www.theguardian.com/artanddesign/2018/may/14/modigliani-nude-auction-sothebys-new-york-record

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *