2 anos depois, 200 mil shekalim em dívidas

Essa história aconteceu com vários, mas recentemente com um vizinho, e portanto acompanhei de perto.

Israelenses que chegaram depois de muito tempo morando nos Estados Unidos, decidiram abrir um balcão no shopping, vendendo bijuterias. O casal, com dois filhos, já com mais de 50, tem extensiva experiência no ramo. Alem do mais, se conseguiram sucesso lá, aqui deve ser mais fácil ainda.

O maior shopping de Jerusalem, o kenion malcha, cobra pelo Balcão, 29 mil shekalim mensais de aluguel, cerca de 8.300 dólares mensais, soma absurda para cobrir, especialmente vendendo brincos de 50 shekalim, que se pode comprar na internet por 3, incluindo o envio. Acima disso, tem uns outros 5 vendendo o mesmo produto, no mesmo local.

Se você acha esses aluguel caro, fique ciente, o aluguel de uma loja em malcha esta em torno de 50 mil shekalim mensais – 14 mil dólares.

Depois de um ano, já estava evidente que o empreendimento não estava fazendo sucesso. O casal fez um apelo a administração do shopping para baixar o aluguel, que obviamente foi rejeitada.  Eles fecharam a loja esse mês com um prejuízo de 200 mil shekalim. O banco proibiu o casal de escreverem mais cheques, e estão falando em relocação.

Mais ainda, tem um fila da gente querendo alugar o mesmo balcão, pelo mesmo preço, para fazer a mesma atividade, aparentemente não falta cliente para o shopping.

Jerusalem esta cheio de gente desocupada, e consideravel parte, intencional. É um conceito na torah chamado shev ve al taase.

שב ואל תעשה

é um termo mencionado no Talmud e nos livros do poskim, e tornou-se comum como uma expressão no novo hebraico é a determinação de que, em certos, qualquer ação deve ser evitada.

Algo que não ensinaram na escola. Tem muitas vezes que não fazer nada, é o que tem que ser feito.

Outra dica simples é se aconselhar antes de abrir qualquer negócio, e aceitar conselhos de quem você confia.

מרבה עצה, מרבה תבונה.

pirkey avot,cap 2

fonte: https://bit.ly/2rssKVP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *