Brasileiros em Israel assinam cada vez menos a Globo

Globalmente, o número de assinantes de TV paga cresce e superou 1 bilhão em 2017. Mas esse movimento deve muito à China, que puxou 8 de cada 10 novos assinantes no ano passado.

Por outro lado, os Estados Unidos lideram, e o Brasil segue, o caminho na direção contrária. Em pelo menos 14 países esse mercado sobre com o ‘corte dos cabos’, como indica a empresa britânica de pesquisas IHS Markit referindo-se à substituição por serviços de vídeo online.

No ano passado, os EUA perderam 3,3 milhões de assinantes. O Brasil aparece e seguida, como o segundo país com maior redução na base – que segundo números da Anatel significou a perda de mais de 900 mil clientes. Com isso, contribuiu para que pela primeira vez em 15 anos a TV paga tenha ficado menor na América Latina como um todo.

Conforme aponta o estudo realizado pela empresa britânica, ainda seguem a tendência, pela ordem de recuo, México, Hong Kong, Canadá, Suécia, Dinamarca, Japão, Nova Zelândia, Noruega, Cingapura, Israel, Venezuela e Irlanda.

A facilidade em estar em contato com a cultura Brasileira atravez da mídia tem sido apontado como o fator numero um para o fracasso de imigrantes brasileiros em Israel.

Existem pacotes extraórdinariamente baratos, chegando a mais de 20 mil canais de televisão em alta definição. de diversos países do mundo começando por 80 shekalim ao mês.

 

fonte: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=47870&sid=8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *