Aprender hebraico é fácil?

O idioma hebraico, é reconhecido como o mais antigo do mundo, pelo talmud, foi usado na criação do mundo e era usado por todos até a torre de babel. Hoje é falado em Israel, e é bem parecido com o hebraico bíblico, mas não identico. Como é escrito em outro alfabeto, pode apresentar obstáculos ao Brasileiro, Apresentamos agora alguns obstáculos clássicos.

Masculino Feminino. Em hebraico não somente os substantivos tem artigos diferentes, mas até verbos tem masculino e feminino, e são diferentes do português. Mesa por exemplo, mesa em hebraico é masculino.

Letras parecidas. Alef, Hei, e Ain. São três letras que tem praticamente o mesmo som, mas escritos com a letra errada pode significar algo completamente diferente. A plavra IM – pode significar estar juntos com ain, ou condicional com alef. Até Israelense nato se confunde.

Vogais. O alfabeto hebraico não tem vogais, fora o Yud, que é a letra I, e portanto é exigido que o leitor conheça as palavras que esta lendo para poder entender o texto. É comum jornais colocarem alguma espécie de pontuação em palavras estrangeiras para habilitar a compreensão.

Aprender hebraico é uma meta massiva e exige anos de dedicação. Se o estímulo não for por uma forte ideologia ou um bom motivo, aparentemente, pode não compensar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *