Moshé usava isso para conseguir o que queria. Você tambem pode!

Na  quarta alyah da parasha ki tissa , shemot  cap. 33 esta semana, rashi diz o seguinte:

ויאמר הראני נא את כבודך: ראה משה שהיה עת רצון ודבריו מקובלים, והוסיף לשאול לראותו מראית כבודו:

Moshé viu que se tratava de um “et ratson” uma “hora de boa vontade” e que todo que ele pedia era aceito,  ele decidiu seguir pedindo.

È verdade que Ashem escuta a qualquer um e a qualquer hora, e nunca devemos desisir. Mas existem horas aproriadas onde é mais fácil conseguir o que queremos. A lista de momentos propícios é bem longa, e nem sempre é algo pré determinado. Ai vai alguns momentos clássicos.

  • Nascer do Sol. Pedidos feitos na hora do nascer do sol, tem um efeito melhor, e diz que se feito apropriadamente, a pessoa passa o dia todo com um sorriso nos lábios.
  • Antes de ascender velas de shabat. Et ratson para pedir proteção aos filhos e filhas. Em geral é a mãe quem pede, mas o pai, tambem pode.
  • Rosh ha Shana. Tudo que a pessoa vai ganhar durante o ano, é decidido entre Rosh ha Shana e Yom Kipur (Talmud Bavli, Beitsa pag 16 a). Esses dez dias são dias decisivos e é a melhor hora para pedir parnassa.
  • Hora da Sirene. Em Israel a sirente toca em determinadas datas e todos se calam. Como resultado ninguem esta falando mal de ninguem, e pedidos, especialmente salmos, são bem recebidos.

Vale a pena adicionar que Moshé pediu :

וַיֹּאמַ֑ר הַרְאֵ֥נִי נָ֖א אֶת־כְּבֹדֶֽךָ:

Deixa eu TE ver. e mesmo sendo et ratson, o pedido foi negado

וַיֹּ֕אמֶר לֹ֥א תוּכַ֖ל לִרְאֹ֣ת אֶת־פָּנָ֑י כִּ֛י לֹֽא־יִרְאַ֥נִי הָֽאָדָ֖ם וָחָֽי:

Você não poderá ver minha face, por que quem me ver, não segue vivendo.

Boa Sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *