Defesas contra MAU OLHADO

Mau olhado existe e funciona.

Em qualquer sidur (livro de rezas) um dos primeiros pedidos é que Ashem nos livre do mal olhado. E acima de tudo, se algo for decretado dos céus, bom o ruim é difícil alterar.  Mesmo assim, ser desprevinido nunca foi virtude ai vai uma série de defesas contra o mau olhado.

Não se mostrar. O talmud menciona que a benção só repousa naquilo que esta oculto ao olho (baba metsia). Não somente bens materiais, mas filhos, e até alegria em lugares impróprios, pode trazer inveja de que não tem, ou resente, e com isso mau olhado. Um falecido colunista social (Zózimo Barroso) uma vez disse na sua coluna:

-Quem realmente tem dinheiro, não aparece em coluna social.

Não falar mal dos outros. A mecânica do mau olhado funciona atravéz de acusações do tipo:

-Por que ele tem e eu não?

-Será que ele merece isso?

Toda vez que falamos mal de alguem, as sentenças são armazenadas como acusações que podem ser usadas contra nós mesmos na hora do ataque de um mau olhado, e portanto, quanto menos falamos mal do outros, menos acusações a disposição.

Não perder a calma. Mau olhado é um ataque psiquico. Todos temos presença divina que nos protege. A presença divina tem uma natureza de se afastar de pessoas nervosas e com raiva. Quando perdemos a paciência essa presença se retrai, e a proteção diminui, de acordo, deixando nos defesas abertas.

Existem inumeras outras técnicas de defesa, muitas com lógica clara, outras, puras surpestições.  Se ocupar ajudando aos outros, dar dízimo e por ai adiante. Por enquanto já temos bastante o que trabalhar.

fontes: http://www.daat.ac.il/chazal/maamar.asp?id=169

Um comentário em “Defesas contra MAU OLHADO

  • 22 de fevereiro de 2018 em 09:10
    Permalink

    no Brasil tu pode tomar uma surra da policia federal e acabar morto

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *