Startup de Bar Rafaeli que opera no Brasil esta na Justiça

A moça, patriota,  investiu em seu pais, mas esqueceu que estava lidando com o Brasil.

Um tribunal do distrito de Tel Aviv emitiu um pedido de suspensão do processo na segunda-feira para a Quick Check Ltd., uma empresa baseada em Tel Aviv que desenvolveu o MyCheck, um aplicativo de pagamento móvel apoiado pela supermodelo israelense Bar Refaeli. O pedido foi emitido a pedido da empresa e o tribunal também nomeou um administrador para administrar e reestruturar a empresa.

Quick Check foi co-fundado em 2011 por Shlomit Kugler, Tal Nethanel, Erez Spatz e Asaf Talmor Wertheimer, o encarregado do empresário israelense Eitan Wertheimer, que também investiu na empresa. A carteira digital da empresa está em uso nos EUA, U.K., Israel e Brasil. A empresa emprega cerca de 50 pessoas.

fonte: https://www.calcalistech.com/ctech/articles/0,7340,L-3731373,00.html

site: https://www.mycheck.io/pt-br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *