Muçulmana se recusa a receber prêmio por causa de Gal Gadot

A ativista conhecida como MuslimGirl se recusou a aceitar um prêmio da Revlon porque   a atriz israelense Gal Gadot como é presentemente sua nova porta-voz.

Amani al-Khatahtbeh, 26, blogueira de origem palestina e jordaniana, rejeitou o Prêmio Changemaker da Revlon na terça-feira.

“Tanto quanto isso significa para mim e eu adoraria estar lá para comemorar com você, não posso aceitar este prêmio da Revlon com Gal Gadot como o embaixadora”, escreveu em um post em sua conta pessoal do Twitter. “Seu apoio vocal das ações das Forças de Defesa de Israel na Palestina vai contra a moral e os valores de MuslimGirl.com”.

“Eu não posso, em boa consciência, aceitar este prêmio da marca e celebrar  a Gal depois que o exército de israel encarcerou uma menina de 16 anos chamada Ahed Tamimi no mês passado, uma ativista que ainda está presa”, escreveu ela também.

Além de suas contas Instagram e Twitter, al-Khatahtbeh administra um site com conteúdo feminino e focado em muçulmanos. Ela também é a autora de “MuslimGirl: A Coming of Age”.

Na semana passada, a Revlon anunciou sua nova campanha, intitulada “Live Boldly”, com Gadot como sua frente.

fonte: http://jewishweek.timesofisrael.com/blogger-muslimgirl-wont-accept-revlon-award-while-gal-gadot-is-spokeswoman/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *