Protestos em Ashdod contra fechamento forçado em Shabat

O membro do Knesset, Yair Lapid, chegou sábado à noite em Ashdod para apoiar os moradores da cidade a protestar contra a política de aumentar a aplicação contra as empresas que operam no sábado. “A partir daqui, de Ashdod, a revolução surgirá”, disse Lapid. Assim como na semana passada, cerca de 2.500 moradores chegaram à manifestação,.

 

“Nós viemos aqui porque a insultante  lei do supermercado deveria desaparecer”, disse Lapid aos manifestantes, “e se ganharmos as próximas eleições, cancelaremos a lei do supermercado porque a coerção de Haredi não pode continuar no Estado de Israel. E Gafni não virá em nossa casa e nos pra nos ensinar como fazer o Shabat, e não aceitaremos coerção, eles não nos dirão como viver, eles não nos dirão que tipo de judeus seremos “.

fonte: https://www.ynet.co.il/articles/0,7340,L-5073553,00.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *