Garoto de 15 anos se disfarça e consegue acesso a toda rede da CIA

Um adolescente britânico obteve acesso a documentos altamente classificados sobre as operações dos EUA nos países do Oriente Médio, incluindo o Afeganistão e o Iraque, fingindo ser o ex-diretor da CIA, John Brennan, de acordo com vários relatórios nas mídias do Reino Unido. Kane Gamble, 18, declarou-se culpado das acusações durante uma audiência no Reino Unido na sexta-feira.

 

Gamble, que tinha 15 anos na época, reuniu informações sobre Brennan e usou isso para persuadir os funcionários de uma empresa de internet a lhe dar acesso à conta de e-mail do chefe de inteligência. O adolescente também convenceu um funcionário do serviço de assistência do FBI de que ele era vice-diretor da agência na época, Mark Giuliano, para obter acesso a um banco de dados de inteligência. Além disso, Gamble invadiu os telefones residenciais dos funcionários de segurança dos EUA e desviou suas chamadas para a linha direta do Movimento Palestina Livre.

“Ele acessou algumas contas extremamente sensíveis referentes, entre outras coisas, às operações militares e às operações de inteligência no Afeganistão e no Irã”, disse o promotor Lloyd-Jones QC em comunicado na sexta-feira. Gamble teria informado aos jornalistas no Twitter que suas ações eram resultado da ira contra os EUA por suas ações “corruptas” no Oriente Médio. A defesa argumentou que o Gamble não tentou lucrar com suas ações e que ele era emocionalmente imaturo.

fonte: http://www.jerusalemonline.com/news/world-news/around-the-globe/uk-teenager-accesses-top-secret-documents-by-posing-as-cia-director-33803

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *