Familia Palestina confessa MATAR parente que espionava

Uma família palestina na Faixa de Gaza disse que matou um parente que supostamente ajudou Israel a rastrear e matar três militantes seniores do Hamas, incluindo um dos parentes do próprio homem.

Em uma declaração, a família de Ahmed Barhoum disse que o mataram com um tiro na cidade de Rafah depois de ter sido informado por um grupo militante que Barhoum havia fornecido informações a Israel.

Isto, afirmou o comunicado, guiou um ataque aéreo israelense durante a guerra de Gaza de 2014 que visou os militantes do Hamas.

“À luz do nosso compromisso religioso e moral, executámos o colaborador Ahmed Barhoum depois de ter sido entregue pelas facções de resistência”, afirmou o comunicado, sem dar o nome do grupo militante que o descobriu.

A família disse que ouviu a confissão de um parente e viu as provas contra ele. Os Barhoums são uma das maiores famílias de Rafah e bem conhecidos por sua proximidade com grupos militantes palestinos em desacordo com Israel.

 

fonte: http://www.cbc.ca/news/world/palestinian-family-kills-relative-spying-israel-1.4494705

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *