Chassidica,Shomeret Shabat e Juíza nos Estados Unidos

Rachel Freier nasceu no Borough Park, Brooklyn, a mais velha de cinco   em uma família judaica hassídica.

Ao frequentar a escola secundária Bais Yaakov no Borough Park, ela fez um curso de estenografia legal  e se formou no ensino primáriob em 1982. Aos 19 anos casou-se com David Freier, com quem tem três filhos e três filhas .

Freier trabalhou primeiro como secretária jurídica e, em 1994, como jurista na firma de advocacia Willkie Farr & Gallagher , para sustentar o marido estudando em  Kollel . Aos 30 Ela começou a estudar direito  depois de perceber que estava trabalhando para advogados mais jovens do que ela.  Em quatro anos, se formou, e começou a fazer financiamento comerical.

Freier também chegou a ter um escritório de advocacia em Monroe, Nova York, onde faz negócios com residentes hassídicos de Kiryas Joel nas proximidades.

Em abril de 2016, Freier anunciou sua candidatura ao juiz do tribunal civil, concorrendo para uma vaga desocupada pelo juiz Noach Caro.

Na eleição primária democrata de setembro de 2016 para o juiz do Tribunal Civil do distrito judicial do 5º distrito dos Reis, Freier obteve 4.730 votos (40,9 por cento), seguido por Jill Epstein com 3.993 votos (34,5 por cento) e Morton Avigdor com 2.835 votos (24,5 por cento) . [27] Ela entrou nas eleições gerais de novembro, com Avigdor como retador do Partido Conservador e recebeu 68.088 votos (74,4 por cento), aos 23.393 votos (25,6 por cento).

Em 22 de dezembro de 2016, ela foi jurada no Brooklyn Borough Hall. Na cerimonia ela disse frases e conceitos hebraicos e iídiche que ela traduziu para o inglês.

fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Rachel_Freier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *