Escola é obrigada a pedir DESCULPAS por divulgar que Israel existe

Uma escola privada em Beirute provocou controvérsia depois de ter publicado em um dos mapas da região ao sul do Líbano como israelense, ao invés de palestina. Segundo a lei libanesa, a própria existência de Israel é proibida de ser reconhecida.

A escola foi obrigada a pedir desculpas, dizendo que respeita totalmente a soberania e história do Líbano e sublinhou seu cumprimento do programa oficial. O Líbano e Israel continuam tecnicamente em estado de guerra, e a lei libanesa não permite reconhecer Israel de maneira alguma, até mesmo nos mapas.

fonte: http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2017/12/08/escola-francesa-no-libano-e-obrigada-a-se-desculpar-por-colocar-israel-no-mapa/

Um comentário em “Escola é obrigada a pedir DESCULPAS por divulgar que Israel existe

  • 8 de abril de 2018 em 06:56
    Permalink

    O ódio irracional que leva à ignorância. Que triste!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *