Juiz proibe novamente a UBER de operar

Israelenses já não poderão pedir uma viagem com a Uber usando um smartphone depois que um tribunal de Tel Aviv na segunda-feira emitiu uma liminar contra a empresa.

O presidente do Tribunal Distrital de Tel Aviv, Eitan Orenstein, afirmou que, sem um seguro de viagem adequado, Uber teria que impedir que seus veículos particulares passassem passageiros em Israel dentro de dois dias.

“Se eles não não tem seguro, eu não deixo”, disse Orenstein, de acordo com a transcrição do tribunal.

Continua a ser ilegal que os motoristas privados não registrados transbordem os passageiros em troca do pagamento, como muitos dos motoristas privados da Uber operam sem estudar regulamentos de segurança e passar por qualquer tipo de teste.

fonte: http://www.jpost.com/Israel-News/Uber-ordered-by-court-to-halt-services-in-Israel-on-Tuesday-515303

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *