Principal canal de televisão fecha sem nunca ter dado lucro.

Estima-se que, dentro de alguns meses, o mercado da televisão entrará em crise e que, mesmo depois disso, não irá mudar enquanto as emissoras gastarem montantes similares e dependerão de suas receitas tradicionais de publicidade.

Canal 2 terminará suas transmissões à meia-noite de terça-feira depois de 24 anos, durante parte de suas atividades também têm dominado os principais noticiarios. Após 24 anos, o quadro é claro: o canal não foi capaz de gerar nenhum lucro aos seus acionistas e em alguns casos, até prejuízos.

De quem era o canal 2?

foi lançada a concorrência para operar o Canal 2, num leilão  em abril de 1993. Sete equipes competiram . Os grupos deveriam apresentar sua proposta em 1 de abril a partir das 9:00 da manhã para os escritórios  Autoridade. de midia do pais.

A figura dominante na redi  era então Noni Moses, o acionista controlador da Yedioth Ahronoth. A lei permitiu que Nuni e outros proprietários de jornal detivessem até 24% das ações da franquia. Moisés juntou investimento ao lado de Michael Strauss, com Strauss Group, e do Grupo Strauss-se, Tzdik Bino e do Banco Hapoalim.

fonte: https://www.themarker.com/advertising/1.4551919

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *