Israel ganha OURO em Abu Dabi mas os organizadares se recusam a tocar o hino ou mostrar bandeira.

Um judoca israelense, Tal Flicker, venceu a medalha de ouro nesta quinta no torneio Abu Dhabi Grand Slam, mas os organizadores se recusaram a tocar o hino de seu país e levantar a bandeira de Israel. Do lado feminino, Gili Cohen venceu o bronze, mas também não teve o hino de Israel tocado, tampouco a bandeira do país.

A equipe toda de Israel teve que lutar sem qualquer símbolo nacional, e soube que haveria uma política discriminatória caso vencesse. “Israel é meu país e tenho orgulho dele”, disse o judoca, para quem o hino da federação que colocaram no lugar do seu hino era “apenas barulho”.

fonte:http://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/artigos/judoca-israelense-vence-medalha-de-ouro-em-abu-dhabi-mas-organizadores-se-recusam-tocar-hino-e-levantar-bandeira/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *